sexta-feira, 19 de março de 2010

ELIS, ELIS, ELIS!... ESSA MULHER!...

No dia 17, quarta-feira, Elis Regina teria completado 65 anos. Morreu no auge da sua carreira. Gravou os melhores compositores brasileiros, com interpretações primorosas. Para mim, Elis é a maior cantora de todos os tempos, a verdadeira Diva da música. Eu a ouço sempre muito emocionado, quase chorando, quase em estado de transe.

Elis, Elis...

O mundo e seus estranhos humanos jamais se darão conta do que fizeram a ti
E eu não sei bem com que palavras balsâmicas poderei ungir as tuas feridas
Com que versos, com que flores acalanto e enfeito a dor da tua ausência...
Não escrevo, e as palavras ficarão aquietadas no silêncio solene do meu pensamento.
Deixo também as flores como estão, a exalarem os seus perfumes ao vento.
Flores e versos...
A tua alma de menina saberá advinhá-los...
Tão sensível que ela é.


Darci Borges.




video video video video

Um comentário:

  1. "... quero lhe contar o que vivi,
    E tudo o que aconteceu comigo.
    Viver, é melhor que sonhar..."

    Gosto de Elis, mas de modo bastante especial, de ouvi-la cantando "Como nossos pais".

    Abraços

    ResponderExcluir