quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

PARABÉNS, UNIDOS DA TIJUCA!!!

É, não deu para Mangueira... Que pena!

Mas, também... não deu para a Beija Flor!

Eu não consigo ver nada desta vida sem uma considerável dose de paixão. Numa improvável disputa de cuspe à distância, podem ter certeza de que eu tomaria partido. Quanto ao Carnaval, a maior e mais bela festa do planeta, há muito decidi que eu seria Mangueira. Torço e venho sofrendo por ela. Todo ano é aquela angústia...

Tudo bem que a Primeira Estação de Mangueira, belíssima como sempre, homenageando a música brasileira, teve suas falhas. Ela foi só "quase" perfeita, e esse "quase" nos derrubou (um décimo aqui, um décimo ali...).

Eu tinha, entretanto, minhas "segundas preferências", pela ordem: Salgueiro, Vila Isabel e... Unidos da Tijuca, que viria a ser consagrada como a grande vencedora do Carnaval 2010.

Salgueiro trouxe um maravilhoso enredo, samba muito bonito, falando da história da Literatura; Vila Isabel, com samba do grande Martinho da Vila, prestando homenagem a um dos maiores compositores brasileiros, Noel Rosa. Merecidamente, convenhamos, deu Unidos da Tijuca, há mais de 70 anos sem ganhar um título, pela inovação e ousadia e, sobretudo pela garra da escola que contagiou o público presente na avenida.

O melhor disto tudo é que o nosso Carnaval parece ter tomado novos ares, após vários anos de uma mesmice e de uma mediocridade tremendas.

Não deu, felizmente não deu Beija-Flor de Nilópolis (apenas terceiro lugar), com a sua, no momento, infeliz homenagem a Brasília. Talvez estivesse até sendo financiada por aquele dinheirinho malversado, cheirando a chulé.

Não é?

Aqui vai o vídeo com os melhores momentos da escola campeã:

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário